terça-feira, 11 de novembro de 2008

Sai meia dúzia de ovos para a Dona Rodrigues!...

-
Manifestação em Fafe
Estudantes atiram ovos a ministra
-
Alunos da Escola Secundária de Fafe atiraram esta terça-feira ovos ao carro da ministra da Educação, um protesto que levou Maria de Lurdes Rodrigues a desistir de presidir a uma cerimónia de entrega de diplomas.
-
Segundo informação policial, cerca de 250 jovens colocaram-se perto do Estúdio Fénix, a sala de teatro onde iria decorrer a cerimónia, gritando palavras de ordem contra a política educativa do Governo, tendo em seguida atirado ovos contra a viatura em que seguia a governante.
-
Os ovos atingiram, também, os carros em que seguiam o presidente da Câmara de Fafe, o socialista José Ribeiro, e a directora regional de Educação do Norte, Margarida Moreira.
-
Face ao sucedido, Maria de Lurdes Rodrigues, aconselhada pelo autarca local, deu ordem de regresso a Lisboa, tendo deixado o acto de presidir à cerimónia de entrega de diplomas de cursos das “Novas Oportunidades” ao presidente da Câmara Municipal, José Ribeiro, que pediu desculpas públicas à ministra da Educação, criticando a actuação dos estudantes.( Correio da Manhã)
-
Nota do Papa Açorda: Consideramos estas atitudes espontâneas e uma forma da "sinistra" ministra saber, quanto a sua popularidade decresceu entre os alunos, professores e funcionários das escolas. Pela nossa parte, lamentamos que tão "ilustre" dama, não tenha sido atingida por um ovinho, talvez lhe fizesse bem ao cabelo...
-

4 comentários:

Pata Negra disse...

Ela manda pedras, eles respondem com ovos. Chegou aos alunos o mau estar. Pena que os pais ainda não se tenham apercebido do que está a acontecer com o ensino público.
Um abraço com o que tiver à mão

C Valente disse...

A unica cpoisa a lamentar é ter-se estragado ovos, se eles estivessem podres, então não se perdeu nada
Saudações amigas

J. Apolinário disse...

Que belo exemplo!
Que atitude corajosa e digna: mandar os putos atirar ovos à ministra!
Que heróis estão a formar...

d3099 disse...

É uma grande atitude, e um grande acto de democracia, isto só nos paises do terceiro mundo, e os inteligentes parvos ainda apiam.