sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Nos outros blogs

-
 Jumento do dia
    
Passos Coelho

Passos Coelho tem uma grande dificuldade em respeitar a linha que separa a verdade da mentira e continua a ajeitar a realidade em seu favor. Durante quatro anos contou com os jornalistas amigos para seguir uma estratégia assente na mentira, por isso ainda não percebeu que os tempos são outros.

«O presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro, acusou na quarta-feira à noite, o líder do PSD, Pedro Passos Coelho, de mentir sobre as negociações do novo modelo de transportes aéreos da região.

"Não é verdade que tenha sido o Governo da República do PSD a convencer o Governo Regional do PS do que quer que seja. Foi o Governo Regional do PS que tomou a iniciativa de propor uma alteração ao modelo de acessibilidades aéreas à nossa região. E também é verdade que essa proposta esteve parada três anos nas gavetas do Governo da República e que só quando o ministro deixou de ser do PSD é que o assunto evoluiu e se resolveu", frisou.

Vasco Cordeiro falava na Praia da Vitória durante a apresentação da lista do PS pelo círculo eleitoral da ilha Terceira às eleições legislativas regionais de 16 de outubro, em reação a declarações de Pedro Passos Coelho, que está de visita aos Açores.

Em São Miguel, o líder do PSD disse que o anterior Governo da República "demorou um certo tempo a persuadir o Governo Regional" de que o modelo adotado seria uma boa opção, alegando que o executivo açoriano "estava mais fixado na ideia de que era preciso remunerar mais as obrigações de serviço público".» [DN]

In "O Jumento"



sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Lista mensal dos Aposentados e Reformados da CGA referente ao mês de SETEMBRO/2016

-
» Lista mensal de Aposentados e Reformados:

setembro 2016 (PDF: 294,8 KB)


Aviso n.º 9748/2016, Diário da República n.º 151/2016, 2.ª Série, de 2016-08-08. Declaração n.º 110/2016, Diário da República n.º 151/2016, 2.ª Série, de 2016-08-08. Declaração n.º 111/2016, Diário da República n.º 151/2016, 2.ª Série, de 2016-08-08.

sábado, 30 de julho de 2016

"A maioria dos ciganos não trabalha". Comentador acusado de racismo

-

Declarações de Quintino Aires geraram muito desconforto na sociedade e já levaram à criação de uma petição.

O psicólogo Quintino Aires é um dos habituais comentadores da rubrica ‘Crónica Criminal’ do programa ‘Você na TV’, da TVI.

Mas o comentário que o especialista teceu na última quinta-feira está a ter repercussões que ele próprio jamais imaginou
Debruçando-se sobre a etnia cigana, Quintino Aires disse em direto que esta é uma comunidade que “não está integrada em Portugal” e que “não respeita as normas do país onde vive”, referindo que as pessoas desta etnia “invadem as escolas, invadem os hospitais e não respeitam regra absolutamente nenhuma”.
Não satisfeito, e apesar dos avisos do apresentador Manuel Luís Goucha, o psicólogo continuou:
A maioria trafica droga e não trabalha. Diga-me a lista dos trabalhos dos ciganos. Não é porque meia dúzia trabalha que vamos ter generalização. Chegam à Segurança Social, querem subsídios para todos e ainda batem nas pessoas se não estão lá. Querem a escola, querem a escola à maneira deles. Chegam aos hospitais, invadem, não respeitam as regras"
Estas declarações caíram que nem uma bomba junto da sociedade civil que as considera “racistas”.
Um dia depois de as mesmas terem sido proferidas, 14 associações e três eleitos pelas associações ciganas para o Grupo Consultivo para a Integração das Comunidades Ciganas emitiram um comunicado no qual descrevem as declarações do psicólogo como “inadmissíveis”, pois, sublinham, “reproduzem preconceitos e estereótipos e promovem posições racistas”.
No seguimento desta polémica foi já criada uma petição online a pedir, à semelhança do que fizeram as associações ciganas, que o apresentador seja afastado do programa da TVI.
“Pessoas como o senhor Quintino Aires não são exceção, têm tido demasiado tempo de antena para proferir discursos mentirosos e inflamar mais o ódio e o preconceito. Não há outra resolução a ser tomada como resposta a não ser o afastamento definitivo deste senhor da TV e a devida retratação por parte da TVI, canal do programa que lhe tem dado voz e espaço para proferir as suas mentiras”, lê-se na petição que conta com 900 assinaturas. (Notícias ao Minuto)
Notas do Papa Açordas: O Quintino Aires tem toda a razão. Os ciganos NÃO querem trabalhar, vivem dos subsídios, traficam droga e não respeitam as leis portuguesas. Exigem  direitos mas quanto a deveres é um ver se te avias... Por exemplo, as carroças não são autorizadas a circular com os portugueses de raça branca mas quando circulam com ciganos a PSP e a GNR viram as costas...

sexta-feira, 29 de julho de 2016

CLINTON, CANDIDATA A LA CASA BLANCA

-


CLINTON, CANDIDATA A LA CASA BLANCA

La candidata a la presidencia de Estados Unidos por el Partido Demócrata, Hillary Clinton, junto al candidato a vicepresidente Tim Kaine, en el último día de la Convención Demócrata en el Wells Fargo Center, en Filadelfia (EE UU). (Shawn Thew / EFE)-(20minutos.es)

SILENCIO PAPAL EN AUSCHWITZ

-


SILENCIO PAPAL EN AUSCHWITZ

El papa Francisco sentado frente a un barracón durante su visita al campo de concentración nazi de Auschwitz, en Oswiecim (Polonia). El pontífice llegó al campo y atravesó su entrada bajo la inscripción en hierro forjado Arbeit macht frei (El trabajo os hace libres) para comenzar su recorrido silencioso por el lugar donde fueron exterminadas más de un millón de personas. (Osservatore Romano / EFE)-(20minutos.es)

ASOMBRO VIRTUAL

-


ASOMBRO VIRTUAL

Una joven prueba un juego de realidad virtual en la decimoctava edición de la feria de juegos, comics y animación Ani-Com, en Hong Kong (China). (Jerome Favre / EFE)-(20minutos.es)

Nos outros blogs

-


  
 Jumento do dia
    
Amadeu Guerra, diretor do
Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP)

Fiquei impressionado com a entrevista do director do DCIAP, habituado à imagem dos gabinetes da justiça, cheios de dossiers e com funcionários sobrecarregados foi agradável ver o senhor procurador num luxuoso gabinete devidamente decorado com um tapete que muito provavelmente foi emprestado por um grande museu do Estado, uma prática antiga que julgava já ter acabado.

Fiquei também impressionado porque por aquelas bandas há quem trabalhe quando supostamente todos os portugueses estão em férias, como disse o senhor com ar de trabalhador incansável nem todos vão de férias, enfim, há uns mais preguiçosos do que outros.

E quanto à minha admiração pelo senhor a cereja em cima do bolo foi o tipo de soluções que defendeu para ser mais fácil produzir prova, numa justiça que tenta provar tudo com escutas e colocação dos segredos de justiça nos jornais há quem sugira métodos mais modernos, à semelhança desse modelo de justiça que é um exemplo para o mundo, parece que tudo seria mais fácil se a delação desse lugar a perdões. Enfim, ainda bem que quanto  métodos de produção de prova que permitem aos investigadores pouco fazerem para apurar a verdade a imaginação se fica por aí.

Quanto ao processo finalmente percebi o que se passa, em vez de produzir prova parece que se anda a provar a existência de indícios. Esperemos que os bombeiros não sigam o exemplo, senão em vez de atirarem a água para o fogo vão passar a atirá-la para o fumo.

Quanto ao fim da investigação do caso Marquês já se percebeu quanto será concluída, quando forem encontrados indícios que justifiquem os milhões que já forem gastos ou quando Sócrates morrer, mesmo que de velho. Ao fim de dois anos o mais alto responsável pela investigação fala apenas em indícios, como se num estado de direito alguém possa ser julgado ou condenado apenas com base em indícios!

«Quinze de setembro foi a data-limite fixada pela Procuradoria-Geral da República para ser emitido um despacho de acusação ao ex-primeiro-ministro José Sócrates no âmbito da Operação Marquês. Contudo, neste momento, ainda não é possível assegurar que esse prazo venha a ser cumprido, disse Amadeu Guerra, diretor do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), em entrevista à “SIC” na quarta-feira à noite.

“Vamos ver. Vamos aguardar até 15 de setembro. Ainda falta algum tempo. A data está fixada. Ninguém mais do que nós pretende dar o despacho final neste processo”, assumiu Amadeu Guerra.

Durante a entrevista, o diretor do DCIAP contestou a ideia que não haja indícios contra o José Sócrates e daí os sucessivos atrasos na acusação. “Os resultados dos tribunais superiores falam por si”, disse. Mais: há juízes que “confirmam a existência de indícios [de crime]”, explicou.» [Expresso]

In "O Jumento"

segunda-feira, 25 de julho de 2016

UN MAR DE ORDENADORES

-


UN MAR DE ORDENADORES

El Bilbao Exhibition Centre acoge la Euskal Encounter, consolidada como la mayor fiesta informática de España y la segunda de Europa, en la que este año se instalarán durante cuatro días 4.608 ordenadores con una de las mayores velocidades de conexión a Internet de todo el mundo. (Javier Zorrilla / EFE)-(20minutos.es)

UN CEMENTERIO PARA LOS SIN NOMBRE

-


UN CEMENTERIO PARA LOS SIN NOMBRE

Ladrillos de cemento que marca el lugar donde está enterrado un inmigrante sin identificar, en cercanías al cementerio Terrace Park en Holtville, en medio del desierto del Valle Imperial de California (EE UU). (David Maung / EFE)-(20minutos.es)

domingo, 24 de julho de 2016

Nos outros blogs

-
 Jumento do dia
    
Cavaco Silva

Cavaco Silva regressou e mostrou que por mais vezes que regresse volta sempre igual a si próprio, a ladainha é sempre a mesma, um auto-elogio e mesmo quando agradece aos que o ajudaram é é para dizer que fez muito. Desta vez regressou para enunciar toda a sua obra, mas, talvez pela sua idade, esqueceu-se de muita coisa.

Esqueceu-se de muitos amigos que os portugueses não esquecem, é o caso de Dias Loureiro, Oliveira e Costa, Durão Barroso ou Duarte Lima. Falou muito das suas privatizações e lutas contra o "comunismo", mas esqueceu aquele que durante muitos anos foi a sua grande bandeira, a privatização da banca, talvez porque hoje não existe nenhum dos bancos que nasceram com as privatizações.

Só é pena que a data escolhida para estes amigos o homenagearem tenha sido a mesma em que Mário Soares é homenageado. Talvez por isso o homenageado pelos amigos tenha referido a importância das épocas que esteve no governo e na Presidência, como se a ele se devesse a integração de Portugal na CEE, a queda do muro de Berlim, ou o que quer que seja com dignidade histórica. Enfim, Cavaco despede-se da política sob o signo da dor de corno.

Como era de esperar Cavaco não esteve presente na homenagem a Mário Soares, igual a si próprio ignorou o convite e fez-se homenagear a si próprio no mesmo dia. Enfim, Cavaco faltou à homenagem em São Bento, ficou-se pela homenagem dos seus simbólicamente realizado num espaço de antigas cavalariças. Quem pequenino nasce tarde ou nunca consegue crescer. Cavaco já morreu para a política, que descanse em paz no seu condomínio de luxo conseguido com modestos vencimentos e pensões.

In "O Jumento"


quinta-feira, 21 de julho de 2016

VIGÍA EN LAS ALTURAS

-


VIGÍA EN LAS ALTURAS

Un francotirador vigila desde lo alto de un edificio durante la tradicional misa Te Deum en la catedral Saint-Michel de Bruselas (Bélgica). (Laurent Dubrule / EFE)-(20minutos.es)

ATRAPANDO OFRENDAS EN EL VOLCÁN

-


ATRAPANDO OFRENDAS EN EL VOLCÁN

Varios niños y adolescentes usan redes y pañuelos para atrapar las ofrendas que serán lanzadas al cráter del Monte Bromo con motivo de la celebración del Festival Kasada, en Probolinggo (Indonesia). (Fully Handoko / EFE)-(20minutos.es)


EL LADRILLO COMO SEGUNDA PIEL

-


EL LADRILLO COMO SEGUNDA PIEL 

Un trabajad0r de una fábrica de ladrillos protegido contra el polvo del material, en Kabul (Afganitán). (Hedayatullah Amid / EFE)-(20minutos.es)


"Os problemas no setor financeiro não foram criados por este Governo"

-

Jogo do 'passa-culpas' entre PSD e PS sobre os problemas no setor financeiro continua.

Depois de Pedro Passos Coelho ter voltado a culpar o Partido Socialista pelos problemas atuais no setor da banca, nomeadamente a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e a venda do Novo Banco, João Galamba falou aos jornalistas no Parlamento para devolver as culpas ao maior partido da oposição.

O socialista diz que se tem assistido “a uma tentativa do PSD em transformar um Governo que herdou um problema por resolver na causa desse mesmo problema”. Para que dúvidas não restassem, Galamba afirmou que “os problemas que existem no setor financeiro não foram criados por este Governo”, mas sim “herdados por este Governo, o primeiro dos quais o Banif e agora a recapitalização da CGD e a venda do Novo Banco”.
Agora, diz o deputado, “cabe a este Governo assumir que o problema existe e dar-lhe resposta”.
Considerando as declarações de Passos Coelho como a “mais despudorada de todas”, o socialista sublinha que “ninguém rebentou com bancos” mas sim que “havia um problema sério no setor financeiro que devia ter sido resolvido durante o programa de ajustamento e que não foi. Esse problema não só não foi resolvido como se agravou”.
Em jeito de conclusão, Galamba deixa um recado à oposição: “Era bom que o PSD e os seus líderes tivessem algum pudor, reconhecessem as suas próprias responsabilidades neste problema e não tentassem perturbar o trabalho de quem realmente está a resolver o problema que eles próprios não resolveram”.(Notícias ao Minuto)

quarta-feira, 20 de julho de 2016

TRUMP, ELEGIDO CANDIDATO REPUBLICANO A LA PRESIDENCIA DE EE UU

-


TRUMP, ELEGIDO CANDIDATO REPUBLICANO A LA PRESIDENCIA DE EE UU

El candidato republicano a la Presidencia de Estados Unidos, Donald Trump, habla en un vídeo en el segundo día de la Convención Nacional Republicana 2016 en el Quicken Loans Arena en Cleveland, Ohio (Estados Unidos). Trump fue elegido oficialmente candidato republicano a la Presidencia de Estados Unidos para las elecciones de noviembre. (Tannen Maury / EFE)-(20minutos.es)

ERUPCIÓN DEL VOLCÁN BROMO

-


ERUPCIÓN DEL VOLCÁN BROMO

El Monte Bromo arroja cenizas en el aire durante una erupción volcánica antes de la ceremonia hindúes Kasada en Probolinggo, Java Oriental, (Indonesia. La ceremonia Kasada, que tendrá lugar el 21 de julio, es una forma en que los hindúes expresan su agradecimiento a los dioses para una buena cosecha y la fortuna que fue concedida. Durante la ceremonia anual Kasada, según la tradición, adoradores escalan el Monte Bromo en la madrugada y lanzan ofrendas en el cráter del volcán. (EFE)-(20minutos.es)

Eurodeputados pedem investigação à nomeação de Durão Barroso

-

Mais de 50 deputados ao Parlamento Europeu, incluindo quatro portugueses, pediram à Provedora de Justiça Europeia que investigue se a nomeação do antigo presidente da Comissão Europeia José Manuel Durão Barroso para a Goldman Sachs viola as regras comunitárias.

A carta, com a data de hoje, e à qual a Lusa teve acesso, é uma iniciativa da deputada italiana do Grupo de Esquerda Unitária (GUE) Barbara Spinelli -- filha de Altiero Spinelli, considerado um dos pais fundadores da União Europeia, e que dá nome precisamente a um dos edifícios do Parlamento Europeu, em Bruxelas -, tendo sido subscrita por outros 52 deputados, entre os quais Ana Gomes e Maria João Rodrigues (PS), Marisa Matias (Bloco de Esquerda) e Marinho e Pinto.

Na missiva enviada a Emily O'Reilly, os eurodeputados argumentam que o artigo 245 do Tratado sobre o Funcionamento da UE e o próprio código de conduta para os Comissários aponta que o "dever de integridade e discrição" exigido aos comissários deve aplicar-se mesmo passado o período de 18 meses após cessarem funções, respeitado por Durão Barroso (presidente da Comissão entre 2004 e 2014) até aceitar o cargo de presidente não-executivo da Goldman Sachs International.
"Tendo em consideração o papel proeminente desempenhado, à época, pela Comissão Europeia na resposta às consequências da crise económica e financeira à escala europeia, pedimos à Provedora de Justiça Europeia que investigue se a nomeação do Sr.Barroso (...) pode constituir uma violação" da carta de direitos fundamentais da UE.
Por outro lado, os eurodeputados perguntam a O'Reilly se não considera discriminatório o facto de o código de conduta dos comissários prever que os mesmos podem assumir cargos sem necessidade de autorização prévia uma vez atingido o período de 18 meses desde que terminaram funções, quando o regulamento para todo o restante pessoal das instituições contempla um prazo de dois anos (24 meses).
"Finalmente, reiteramos o pedido, já formulado à Provedora de Justiça Europeia, de uma revisão do Código de Conduta dos Comissários, de forma a reforçar a sua transparência e colocá-lo em conformidade com as regras dos Tratados", concluem os eurodeputados.
A nomeação de José Manuel Durão Barroso para o grupo norte-americano foi alvo de muitas críticas, tendo diversos sindicatos representativos de funcionários das instituições europeias deplorado em cartas abertas a ida do antigo presidente da Comissão para o banco, considerada "moralmente inaceitável" pelo Presidente francês, François Hollande.(Notícias ao Minuto)

Nos outros blogs

-


 Jumento do dia
    
José de Matos, presidente da CGD

O presidente da CGD queixa-se de não ter recebido orientações do governo, algo estranho pois quando ainda era primeiro-ministro Passos Coelho criticou várias vezes a CGD pelos seus resultados e nessa ocasião o presidente do banco colocado pela direita nunca se queixou, não falou de orientações governamentais nem escreveu cartas de demissão. Agora que sabia que não iria ser reconduzido e que deixa o banco quase na desgraça já se queixa.

Até parece que o governo se esqueceu de lhe dizer que gerisse a CGD com competência, evitando créditos mal parados e actuando com competência, orientações que, afinal, são as que devem seguir todos os gestores. Deixar no ar que a situação da CGD se deve a uma falta de orientações é brincar com as suas próprias responsabilidades, até apetece perguntar porque esperou tanto para se demitir.

«O conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) queixou-se em junho de não receber “qualquer orientação” e “qualquer explicação” por parte do governo nos seis meses até então, depois de numa reunião com Mário Centeno em dezembro ter sido manifestada “preocupação” e apresentado um plano de capitalização alternativo para o banco público, sem envolver a injeção de mais dinheiros públicos. Um plano que, escreve a TSF, que teve acesso à carta de demissão, ficou na gaveta.

O Público já tinha escrito sobre esta carta de demissão no início de julho, mas a TSF acrescenta algumas passagens em discurso direto que mostram o mal-estar que se vive no banco público, enquanto não entra em funções o novo conselho de administração provavelmente liderada por António Domingues.» [Observador]

In "O Jumento"

terça-feira, 19 de julho de 2016

TÓRRIDO MEDIODÍA EN MADRID

-


TÓRRIDO MEDIODÍA EN MADRID

Un termómetro de la Gran Vía madrileña marca 45 ºC, muestra inequívoca de la ola de calor que estás sufriendo la capital de España. (JORGE PARÍS)-(20minutos.es)

UNOS PAPÁ NOEL MUY VERANIEGOS

-


UNOS PAPÁ NOEL MUY VERANIEGOS

Varias personas vestidas de Papá Noel participan en el tradicional baño de pies durante el segundo día de la 59 edición del Congreso de Papás Noel en la playa Bellevue, al norte de Copenhague (Dinamarca). (Mathias Loevgreen Bojesen / EFE)-(20minutos.es)