sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

UN 'HYPERCAR' EN TORONTO

-


UN 'HYPERCAR' EN TORONTO

Detalle de la parte trasera del hypercar AM-RB 001 que Aston Martin ha diseñado en colaboración con Red Bull Racing, durante su presentación en el Salón del Automóvil de Toronto (Canadá). (Julio César Rivas / EFE)-(20minutos.es)

Nos outros blogs

-
 A propósito de mentiras

Compreende-se que Passos Coelho evite expor-se neste debate da CGD, não só está promovendo uma guerra suja e quer poupar a sua imagem, como sab que em matéria de mentiras é um campeão na história da democracia portuguesa. Enganou tudo e todos, mentiu ao parlamento, enganou os portugueses, mentiu aos militantes do seu próprio partido. Passos tentou impor uma revolução económica digna de Pinochet sem que nenhuma das suas medidas constasse de qualquer proposta eleitoral.

Mas o grande campeão da mentira foi Passos Coelho. Aqui ficam apenas algumas das suas muitas mentiras, uma recolha que se refere apenas aos s«primeiros meses do seu governo, não consta aqui a promessa feita na campanha eleitoral de que as receitas fiscais estavam a correr tão bem que os idiotas iam receber um reembolso de uma parte significativa da sobretaxa do IRS.
  1. "A haver algum ajustamento fiscal será nos impostos sobre o consumo" (Bruxelas, 24-03-2011) [Expresso]
  2. "Em Miranda do Corvo, Pedro Passos Coelho admitiu que a população local «ficou a ver comboios» e prometeu que o «comboio vai voltar», muito embora tenha lembrado que «não há condições para nos comprometermos nesta fase com esta obra»."(Miranda do Corvo 31-05-2011) [TSF] O pessoal de Miranda do Corvo já anda de combóio?
  3. "O PSD chumbou o PEC 4 porque tem de se dizer basta: a austeridade não pode incidir sempre no aumento de impostos e no corte de rendimento."  [Twitter] [DN]
  4. Perguntou a estudante: "Vai tirar os subsídios de férias aos nossos pais?", respondeu Passos Coelho: "Eu nunca ouvi falar disso no PSD. Eu já ouvi o primeiro-ministro dizer, infelizmente, que o PSD quer acabar com muitas coisas e também com o 13.º mês, mas nós nunca falámos disso e isso é um disparate" e acrescentou: "isso é um disparate" (Vila Franca de Xira81-04-2011) [TVI24]
  5. "Já ouvi o primeiro-ministro dizer que o PSD quer acabar com o 13.º mês, mas nós nunca falámos disso e é um disparate."  [Twitter][DN]
  6. "Nós calculámos e estimámos e eu posso garantir-vos: Não será necessário em Portugal cortar mais salários nem despedir gente para poder cumprir um programa de saneamento financeiro" (30-04-2011) [JN]
  7. "Quando digo que estou preparado para construir um Governo com não mais do que 10 ministros, falo evidentemente da possibilidade do PSD ter uma maioria absoluta e poder responder por esse resultado" [CM]
  8. "Aqueles que são responsáveis pelo resvalar da despesa têm de ser civil e criminalmente responsáveis pelos seus actos." Promessa feita no Facebook. Cumpriu?
  9. "Nas despesas correntes do Estado, há 10% a 15% de despesas que podem ser reduzidas.".  [Twitter][DN]. Cortou? 
  10. "Se formos Governo, posso garantir que não será necessário despedir pessoas nem cortar mais salários para sanear o sistema português.". Quantos mandou para a mobilidade com vista ao despedimento?
  11. "Se vier a ser necessário algum ajustamento fiscal, será canalizado para o consumo e não para o rendimento das pessoas." [Twitter][DN]
  12. "Queremos transferir parte dos sacrifícios que se exigem às famílias e às empresas para o Estado." [Twitter][DN]
  13. ""Ninguém nos verá impor sacrifícios aos que mais precisam. Se as coisas não estiverem bem temos que dizer que os que têm mais terão que ajudar os que têm menos em Portugal" (Oliveira de Azeméis 1-07-2011)  [Público]
  14. «Passos Coelho prometeu até final deste mês apresentar “um programa ambicioso” que passará por “acabar com institutos públicos fundações”, aquilo a que se chama a “gordura do Estado”. O plano de acção, garantiu, “até final de Outubro estará em grande medida concretizado”.» (Festa do pontal, 15-08-2011) [Público]. Alguém viu o famoso plano ambicioso?
  15. A cereja em cima do bolo das mentiras de Passos Coelho foi a famosa fraude eleitoralista conhecida por reembolso da sobretaxa. Recordemos o que o traste de Massamá dizia:

    "Reiterando que não se trata de um “anúncio” sobre a devolução da sobretaxa, Passos Coelho lembrou que todos os meses as pessoas podem fazer uma simulação de quanto vão receber no próximo ano. “O mês passado apontava para 25%, este mês para 35,7%, mas não é um valor fechado. Não é uma promessa, não é um anúncio para as eleições. A minha expectactiva dada a evolução é ter fechado até ao final do ano um valor de devolução muito significativo”, afirmou." [Público]

    Pois, não só se limitou a reembolsar um corno e a ponta do outro como foi o Centeno que teve que suportar os custos das fraudes na contabilização das receitas fiscais promovidas por Passos. Aliás, umas das razões que levavam Passos a ter esperança num segundo resgate estava nas vigarices fiscais que fez.

Nenhuma destas mentiras justificariam a demissão, isso apesar de o próprio ter em tempos escrito no Twitter que "Como é possível manter um governo em que um primeiro-ministro mente?". Mas o mentiroso Passos Coelho nunca mentiu aos deputados de uma Comissão parlamentar e, como se sabe, uma coisa é mentir aos idiotas dos portugueses e outra, bem mais grave, é mentir a essas sumidades "parlamentícias".

Só é pena que Lobo Xavier não tenha tido acesso aos SMS trocados entre Portas e Durão a propósito dos submarinos, entre Portas e Passos acerca da irrevogabilidade da sua demissão, entre Maria Luís e Carlos Costa sobre a contratação de Sérgio Monteiro para caixeiro-viajante, ou entre a Maria Luís e Passos Coelho a propósito dos seus negócios com swaps.

Já que estamos em tempos de voyeurismo tenho de confessar que tenho gostos bem diferentes dos de Lobo Xavier, não aprecio os SMS entre gajos com barba. Mas , enfim, cada um tem as suas preferências em matéria de curiosidade mórbida.

In "O Jumento"


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

POMPA NORCOREANA

-


POMPA NORCOREANA

El líder norcoreano, Kim Jong-un (c), mientras visita el Palacio del sol de Kumsusan, en Pyongyang. Corea del Norte celebra este jueves el 75 aniversario del nacimiento del exlíder Kim Jong-il, una de las mayores festividades del país. (KCNA / EFE)-(20minutos.es)

ALMENDROS EN FLOR

-


ALMENDROS EN FLOR

Vista de una finca de almendros en plena floración, en la localidad murciana de Librilla. (Marcial Guillén / EFE)-(20minutos.es)

'APUNTANDO' AL OBJETIVO

-


'APUNTANDO' AL OBJETIVO

El equipo Surya Kiran, de las Fuerzas Aéreas de la India, realiza acrobacias aéreas durante la feria Aero India-2017. (Jagadeesh Nv / EFE)-(20minutos.es)

Nos outros blogs

-
 Jumento do Dia

   
António Domingues, banqueiro reformado

Se ontem começava a ser óbvio que a mão atrás do arbusto que manipulava a situação para tramar Centeno era a de António Domingues, hoje isso é quase assumido pela notícia do Expresso. É óbvio que Lobo Xavier é o executor de uma estratégia de rasteirar Centeno, não havendo nada a criticar começa-se por forçar Centeno a fazer declarações sabendo-se do que consta em documentos e em SMS.

Hoje é mais do que óbvio que os deputados da direita, precisamente aqueles que promoveram uma decisão parlamentar para derrubar Domingues, têm contado com acesso a informação de dentro para tramarem Centeno. Começa a ser óbvio que Centeno paga muito caro o ressabiamento do ex-candidato a presidente da CGD e que o país anda a perder demasiado tempo com pequenas vinganças pessoais de gente que por causa de uma treta de uma declaração a quem ninguém liga decidiu fazer vergar o país.

Ainda bem que Domingues se demitiu, seria muito feio se daqui a uns anos o Lobo Xavier fosse para as televisões tornar públicos todos os segredos da CGD, em episódios semanais. Se um amigo tem acesso a SMS de um ministro enviados para o seu telemóvel e esses SMS são usados da forma manhosa a que temos assistido, é evidente que essa pessoa não tinha condições para gerir a CGD.

Pela primeira vez na política portuguesa alguém usou mensagens pessoais sem autorização para promover uma vingança pessoal, montando armadilhas a um governante que julgou que podia confiar nessa pessoa. Bateu-se no grau mais baixo, independentemente das consequências política há alguém que vai carregar com esta nódoa, nunca se viu ir tão baixo na falta de lealdade e de escrúpulos.

O criminologistas costumam dizer que as mulheres matam de forma diferente da dos homens, que o fazem, por exemplo, com recurso ao veneno. É mais ou menos assim, desta forma muito feminina, que alguém quer matar politicamente Mário Centeno.

«O conselheiro de Estado António Lobo Xavier, amigo de António Domingues, deu a conhecer o conteúdo das mensagens ao Presidente. Marcelo ter-se-á sentido traído, diz o “DN”, o que explica em parte o tom do comunicado desta semana em que justifica a manutenção do ministro das Finanças “atendendo ao estrito interesse nacional em termos de estabilidade financeira”» [Expresso]

In "O Jumento"

domingo, 12 de fevereiro de 2017

SUELTA DE TORTUGAS MULTITUDINARIA

-


SUELTA DE TORTUGAS MULTITUDINARIA

Más de 600 escolares del municipio de Sagunto (Valencia), han acompañado en su vuelta al mar a dos tortugas recuperadas en el ARCA del Oceanogràfic. Los quelonios llevaban un emisor incorporado para poder seguir su trayectoria una vez se adentren en el mar. (Oceanogràfic / EFE)-(20minutos.es)

Ensino superior. Trabalhadores ganham menos 20% do que em 1998

-
O saber não ocupa lugar. Todos conhecemos este ditado popular e ninguém contesta a ideia que está na base. 

No entanto, a recompensa para quem estuda em Portugal já foi maior tendo em conta os rendimentos.
De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), o rendimento salarial médio mensal líquido dos trabalhadores por conta de outrem com ensino superior baixou 19,5% em duas décadas.
Os trabalhadores com formação universitária chegaram a receber, em 1998, a preços de 2016, 1518 euros líquidos mensais. No ano passado, esse valor tinha caído para 1223 euros.
A verdade é que, desde o início da crise económica que afetou Portugal nos últimos anos, os salários destes trabalhadores têm descido.
Ainda assim, não é apenas o salário dos trabalhadores com ensino superior que tem estado a diminuir. Há quebras para todos os níveis de escolaridade.  
Salários mais altos em setores com menos concorrência
Os salários mais altos concentram-se sobretudo nos seguros, banca, energia e no Estado.
“Esses salários mais altos ocorrem em setores de bens ou serviços não transacionáveis. A começar pelos bancos, onde os custos salariais têm aumentado de forma exponencial, como foi o caso da Caixa Geral de Depósitos (CGD). A troika e o governo anterior tentaram alterar este panorama de setores protegidos, mas está à vista que não conseguiram”, explicou recentemente Pedro Ferraz da Costa, presidente do Fórum para Competitividade.
Por exemplo, o salário médio no setor financeiro e seguros foi de 1409 euros no ano passado. Um valor que representa um aumento de 49 euros em relação ao ano anterior.
Mas a banca é apenas um exemplo. No entender de João Carlos Cerejeira, professor da Universidade do Minho, é preciso ter em conta que “os vários subsetores do Estado têm, por vezes, pessoal mais qualificado e, portanto, vencimentos mais elevados. No entanto, olhando para as estatísticas do INE, é bem verdade que os salários mais altos estão muitas vezes em setores protegidos”.(Ionline)

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

'NO-NANCIES', EN BUSCA DE MUÑECAS CIENTÍFICAS

-


'NO-NANCIES', EN BUSCA DE MUÑECAS CIENTÍFICAS

Imagen facilitada por la astrofísica Pilar Montañés, que forma parte de su proyecto No-Nancies, en el que fotografía a científicas en su labor y a su lado "niñas observándolas, quizás aspirando a emularlas al llegar a adultas". Montañés, investigadora del Instituto de Astrofísica de Canarias (IAC) y que además estudia Bellas Artes en la Universidad de La Laguna, emprendió este proyecto, en el que continúa trabajando, ya que hay muñecas azafatas, estrellas de cine o mamás pero no físicas o ingenieras. (Pilar Montañés / EFE)-(20minutos.es)


Nos outros blogs

-


 Jumento do Dia

   
Procuradora-Geral da República

A corresponder à verdade a notícia do Observador, segundo a qual os investigadores do Caso Marquês procuram indícios de que bloggers ditos "socráticos" tenham recebido pagamentos por parte de José Sócrates, é preocupante, até porque esta perseguição não resulta de suspeitas de corrupção por parte dos mesmos ou do seu envolvimento em quaisquer negócios públicos, o ponto de partida da investigação é um exercício da liberdade de expressão a que os investigadores associarão corrupção. Há aqui qualquer coisa de doentio, que apoiasse Cavaco ou passos era gente honesta, quem apoiava Sócrates era suspeito de corrupção e a investigação destina-se a comprovar esse pressuposto.

Daquilo que se percebe é que identificado um blogger que tenha de alguma forma recebido dinheiro passa a ser suspeito dos "crimes de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais", crimes dos quais podem ser suspeitos todos e quaisquer cidadãos que tenham recebido dinheiro seja de quem for e a qualquer título. Isto é, qualquer cidadão que tenha manifestado uma opinião publica favorável a Sócrates que tenha prestado serviços a uma das muitas entidades já investigadas no âmbito do Caso marquês pode, em limite, ser suspeito de corrupção.

Quando o acento tónico não está no desempenho de funções mas sim no mero estatuto de apoiante é evidente que estamos perante uma perseguição política, quase metade dos portugueses  votaram Sócrates e muitos foram seus apoiantes públicos, enquanto lhe trouxe benefícios políticos até Cavaco Silva parecia "socrático". Todos eles estão no radar do procurador e do fiscal de Braga? Que instrumentos de investigação poderão ser usados para rastrear tanta informação?

A questão agora é saber como é feita esta investigação, serão feitas escutas telefónicas, são consultados os seus dados bancários ou é feito um rastreio fiscal?  O facto é que os bloggers que tenham apoiado Sócrates não são suspeitos pelos seus valores, pelas suas opções partidárias ou porque concordavam com as políticas do governo de Sócrates, o facto de o terem feito por um qualquer desses motivos tornam-nos em potenciais suspeitos dos crimes de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Já agora, gostaria que a senhora Procuradora-geral, mais o magistrado do Caso Marquês e o fiscal de Braga, me esclarecessem se haverá algum inconveniente em manifestar simpatia por Marcelo ou por  António Costa, ou se não será melhor calar as minhas ideias e os meus sentimentos não vá um dia destes ser aberto um Caso Mete Nojo ou um Caso Cabo da Guarda. Imaginem que daqui a uns anos este modesto Palheiro é devassado por estar agora a elogiar Marcelo Rebelo de Sousa.

In "O Jumento"


terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Actualidade...

-
Dizia El Rei & o Grande Eça.


cid:image003.jpg@01D1EC2C.14F14F50           &         cid:image004.jpg@01D1EC2C.14F14F50
OS DOIS TINHAM RAZÃO, E CONTINUAM A TER !

Dizia El-Rei D. Carlos sobre Portugal
    Um país de bananas, governado por sacanas!

E ele sabia do que falava!

ERA ASSIM QUE O EÇA DIZIA...
A Assembleia da República é um local que:
Se for gradeado será um Jardim Zoológico,
Se for murado será um presídio,
Se lhe for colocada uma lona será um circo,
Se lhe colocarem lanternas vermelhas será um bordel,
E se se puxar o autoclismo não sobra ninguém...

Recebida por e´mail

UNA TERMINAL FUTURISTA

-



UNA TERMINAL FUTURISTA

Imagen creada por ordenador que muestra el segundo terminal de pasajeros del Aeropuerto Internacional de Incheon en Corea del Sur. Las instalaciones están realizadas a un 90%. (YONHAP / EFE)-(20minutos.es)

Nos outros blogs

.
 Der Spiegel


In "O Jumento"

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Lista mensal de Aposentados e Reformados da CGA referente ao mês de MARÇO/2017:

-
» Lista mensal de Aposentados e Reformados:

março 2017 (PDF)


Aviso n.º 1403/2017, Diário da República n.º 26/2017, 2.ª Série, de 2017-02-06.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Nos outros blogs

-
 Jumento do Dia

   
Maria Luís Albuquerque

É impossível ler o relatório da UTAU relativo às contas de 2016 sem nos recordarmos das previsões feitas pela própria UTAO e da aritmética da Dra. Maria Albuquerque, a guru de política económica de Passos Coelho. Além disso, as posições de Maria Luís Albuquerque segundo a qual o défice de 2016 não cumpriria as metas porque isso era aritméticamente impossível, apoiavam-se muito nos relatórios  sucessivamente pessimistas da UATO.

Afinal a aritmética de Maria Luís denunciou alguém muito mau em contas. Maria Luís falhou redondamente, falhou nas contas e nos números armadilhados que deixou e que estavam na base da vinda do Diabo no passado mês de Setembro. Enfim, é caso para dizer o Diabo que a leve.

«A Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) aponta para "um défice em torno do limite definido" para 2016, que estimou ser de 2,6% do Produto Interno Bruto (PIB) se forem excluídas as medidas extraordinárias.

Na nota sobre a execução orçamental de dezembro em contabilidade pública, a que a Lusa teve hoje acesso, a UTAO apresenta uma primeira aproximação à contabilidade nacional (a ótica que conta para Bruxelas) e antecipa "um défice em torno do limite definido para o objetivo anual".

A meta para o défice de 2016 em contabilidade nacional foi revista em alta pelo Governo no âmbito do Orçamento do Estado para 2017 (OE2017), correspondendo agora a 2,4% do PIB (incluindo medidas extraordinárias), tendo a UTAO estimado na altura que, "em termos ajustados de operações extraordinárias, o défice a considerar é de 2,6%".» [DN]

In "O Jumento"


quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

TRUMP COMO HITLER

-


TRUMP COMO HITLER

Un grupo de personas se reúne para protestar contra la nueva prohibición de los Estados Unidos a la entrada de musulmanes de ciertos países, firmada por el presidente Donald Trump. (Justin Lane / EFE)-(20minutos.es)


LA 'NIÑA ÁRBOL'

-


LA 'NIÑA ÁRBOL'

Shahana Khatun, de diez años, se somete a una revisión médica en el Hospital Universitario de Dacca (Bangladesh). Un grupo de médico diagnosticó a la niña la rara enfermedad conocida del 'hombre árbol', en el mismo centro sanitario donde hace un año ingresaron a otro bangladesí con la misma dolencia. (Abir Abdullah / EFE)-(20minutos.es)

Nos outros blogs

-
 Jumento do Dia

   
Carlos Silva, deputado do PSD

Este ilustre deputado do PSD acha que o modelo de gestão da Carris nada tem que ver com gestão de transportes mas sim com questões eleitorais. Pegando na dica que está na moda do PSD diz que a culpa de tudo é do PS e das eleições. Para ele o modelo de gestão da Carris vai levar os lisboetas a correr para as mesas de voto agradecer a entrega da gestão da empresa ao município.

Será apenas estupidês ou estamos perante a admissão de uma derrota antecipada num município onde já só falta perguntarem ao cavalo da estátua equestre de D. José I se quer ser candidato derrotado a presidente da CM de Lisboa?

«O PSD acusou esta quarta-feira o Governo de ter atribuído a gestão da Carris à Câmara Municipal de Lisboa por razões eleitoralistas, com PS, PCP e BE a responderem que o objetivo dos sociais-democratas era privatizar a empresa.

Numa declaração política na Assembleia da República, o deputado do PSD Carlos Silva defendeu a intenção do anterior executivo PSD/CDS de subconcessionar a privados os transportes de Lisboa e Porto por essa solução diminuir os encargos para os contribuintes e considerou que a reversão desse processo "vem reativar custos anteriormente eliminados".» [Expresso]

In "O Jumento"

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

ANIVERSARIO RETOZANDO EN LA ARENA

-


ANIVERSARIO RETOZANDO EN LA ARENA

El elefante asiático Bong Su se restriega contra un montón de arena durante la celebración del 40 aniversario de su llegada al Zoo de Melbourne (Australia). (Joe Castro / EFE)-(20minutos.es)

PREPARANDO LOS JUEGOS DE INVIERNO DE 2018

-


PREPARANDO LOS JUEGOS DE INVIERNO DE 2018

Vista general de la estación de esquí Alpensia, que acogerá diferentes eventos durante los Juegos Olímpicos de Invierno de 2018 y que tendrán lugar en Pyeongchang (Corea del Sur). (Jeon Heon-Kyun / EFE)-(20minutos.es)