terça-feira, 11 de março de 2008

MAI e o baile mandado...

Ministro diz que programa do Governo é de manutenção de estruturas

MAI pretende abrir novas esquadras da PSP e mais postos da GNR
-
O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, garantiu hoje que o Governo pretende abrir novas esquadras da PSP e mais postos da GNR, além de manter as actuais estruturas, no âmbito do programa "Policiamento de Proximidade".
-
"O programa do Governo não é de encerramento de postos e de esquadras", mas sim "de manutenção e de abertura de novos" para "reforçar o sentimento de segurança", disse Rui Pereira aos jornalistas à margem das comemorações do 141º aniversário do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa.
-
Na edição de hoje, o PÚBLICO avança que o Ministério da Administração Interna (MAI) suspendeu o encerramento de 110 postos da GNR em todo o país. A medida devia ter sido iniciada em Janeiro, mas foi abandonada depois de algumas das principais estruturas associativas da Guarda se terem manifestado contra.
-
Rui Pereira lembrou que há seis meses tinha anunciado na Assembleia da República que "não havia encerramentos" de postos da GNR e esquadras da PSP, adiantando que a notícia do PÚBLICO "não faz qualquer sentido".
-
Contactado pela Lusa, o presidente da Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR), José Manageiro, disse que o ministro da Administração Interna "sempre" manifestou a intenção em não encerrar postos.
-
No início do processo de reestruturação da GNR, quando António Costa era ministro, existiam algumas propostas que admitiam a possibilidade de encerrar postos com menos de 12 agentes, mas depois de analisados "diversos factores" chegou-se à conclusão que "não era possível fechá-los", adiantou José Manageiro. (Público)
-
Nota do Papa Açordas: Depois de espalharem a notícia de que iam fechar 110 postos da GNR, o ajudante em serviço no MAI, vem dizer que os postos não fecham e que até vão abrir mais!!! Em que ficamos? Será porque a criminalidade diminui, como diz o MAI? Ou será que 2009 é ano de eleições?

1 comentário:

Tiago R. Cardoso disse...

Pois eu ia mais na de 2009.

Sinceramente não seria melhor estarem calados e assim evitavam estes pra frente e para trás ?