quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Tomada de posse da comissão eventual "anti-robalos" no Parlamento

-
Tomada de posse da comissão eventual no Parlamento
Gama espera medidas concretas de combate à corrupção até Junho

-
O Presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, disse esperar que dos trabalhos da comissão eventual contra a corrupção possa sair “não um texto sociológico mas um conjunto de medidas legislativas que impliquem alterações ao quadro legal” sobre a matéria.
-
Hoje, na tomada de posse da comissão – pedida pelo PSD e aprovada pelos restantes partidos –, Jaime Gama afirmou também esperar “um debate desbloqueado, sem censura, sério e profundo”. Quanto ao calendário, o trabalho deverá estar concluído “ em tempo útil”, ou seja, de forma a que as medidas possam ser adoptadas ainda na actual sessão legislativa.
-
Presidida pelo deputado do PS Vera Jardim, e tendo como vices-presidentes Pacheco Pereira (PSD) e Filipe Lobo d’Ávila, a comissão eventual de acompanhamento político do fenómeno da corrupção tem um prazo de vida de seis meses.
-
Vera Jardim pediu aos grupos parlamentares que o informassem ainda hoje sobre quais os projectos já aprovados na generalidade que considerem que estejam noutras comissões (a maioria deverá estar na comissão de Assuntos Constitucionais) e que deverão passar para a nova comissão eventual.
-
No final da tomada de posse, Vera Jardim não quis adiantar aos jornalistas quais as entidades ou figuras que feverão ser ouvidas, mas disse existirem algumas óbvias como o Procurador-Geral da República ou o Director Nacional da Polícia Judiciária. Quanto à possibilidade de ouvir o ex-deputado socialista João Cravinho, Vera Jardim considerou ser uma possibilidade contra a qual não tem objecções mas remeteu essa decisão para os deputados.
-
A primeira reunião da comissão está marcada para amanhã ao meio-dia.
-
Notas do Papa Açordas: Tendo o PS (Partido de Sócrates) o maior número de corruptos por metro quadrado, não é crível que Gama, o grande amigo de Alberto João Jardim, veja a sua pretensão satisfeita. Saliente-se, que não é fácil impedir que tanta gente fique, de um momento para o outro, sem "robalos"...
-

2 comentários:

Ferreira-Pinto disse...

Mas o amigo nunca ouviu que em Portugal quando não se quer fazer, nomeia-se uma comissão?

Pata Negra disse...

Ao que chegámos: os ladrões armados em polícias!
Mas alguém acredita que a corrupção possa ser combatida pelos seus próprios autores?!
Isto é só fumaça para camuflar movimentos!
Um abraço de mãos limpas